Faça como Juliana Paes, sempre bem vestida com um belo jeans

junho 6, 2009 at 8:18 pm (feminina, moda, moda feminina) (, , )

Juliana PaesPara estar sempre na moda como Juliana Paes,  e não errar você precisa ter sempre em seu guarda-roupa uma peça coringa, a calça jeans!!

Uma calça jeans bem modelada, com um bom caimento em seu corpo, será sua grande cartada te deixando sempre bonita e na moda. Mas nunca se esqueça que o jeans não é o mesmo de “ontem” existe sempre uma evolução. O  jeans segue sempre uma tendência de modelos, lavagens e cores. Sendo assim o diz nunca será o mesmo por isso é bom ficar antenado nas novidades.

Para ficar por dentro das novidades, confira o novo site da Sete um jeans e se apaixone pelos modelos mais variados e cheios de estilos.

Link Permanente 3 Comentários

Campanha da C&A apresenta Coleção Primavera-Verão em viagem de trem com Daniella Sarahyba

agosto 29, 2008 at 12:19 pm (feminina, moda, moda feminina) (, , )

A modelo exclusiva da rede é a estrela do novo comercial, criado pela DM9DDB.

Daniella Sarahyba é modelo exclusiva da rede C&A

Daniella Sarahyba é modelo exclusiva da rede C&A

São Paulo – Um trem que viaja pela nova Coleção Primavera-Verão é o mote da campanha da C&A, criada pela agência DM9DDB. O filme é estrelado por Daniella Sarahyba, modelo exclusiva da rede de varejo. A campanha foi lançada no dia 20 de agosto, em rede nacional de TV. Além do filme, a campanha conta com um catálogo da coleção, que será distribuído nas lojas C&A de todo o Brasil, e um hot-site, que será veiculado na Internet (www.cea.com.br).

Ao som da música Freedom, de George Michael, Daniella usa um vestido leve, de estampa floral, e entra em um trem onde os passageiros estão vestidos com looks que seguem as tendências da próxima estação: primitivo urbano, geek, diva e hippie chic.

Perfil da C&A – Líder do mercado varejista de moda brasileiro e há 32 anos no país, a C&A foi criada em 1841 pelos irmãos Clemens e August, e a união de suas iniciais deu origem ao nome da empresa. A primeira loja foi inaugurada na Holanda, em 1861. A rede tornou-se uma das primeiras no mundo a oferecer roupas prontas aos consumidores. Em 1911, com o crescimento do negócio, a empresa instalou-se na Alemanha, e, posteriormente, em outros países da Europa.

A C&A possui, atualmente, mais de 1,5 mil lojas na Europa, América Latina e Ásia. No Brasil, a primeira loja foi inaugurada em 1976. Atualmente, a C&A está presente em mais de 60 cidades brasileiras, com mais de 150 lojas.

A empresa sempre orientou sua conduta baseada em princípios éticos e morais que, desde sua origem, privilegiaram a responsabilidade social e a transparência junto a todos os seus públicos: funcionários, fornecedores, clientes e as comunidades com as quais interage.

Para tanto, a empresa fundou, em 1991, uma organização sem fins lucrativos, o Instituto C&A, que tem por objetivo promover e qualificar o processo de educação de crianças e adolescentes no Brasil.

Link Permanente 5 Comentários

Sofia Terra brinca de desfilar

agosto 28, 2008 at 1:02 pm (desfile, Fashion, feminina, Flamboyant, moda) (, )

Sofia Terra - Lilica Ripilica e Tigor T. Tigre

Sofia Terra - Lilica Ripilica e Tigor T. Tigre

Umas gracinhas as crianças que desfilaram as coleções da Lilica Ripilica e Tigor T. Tigre, entre elas a atriz mirim Sofia Terra. Miss simpatia, ela desfilou, riu, jogou beijos e encantou o público que foi conferir o terceiro dia de Flamboyant Fashion, ontem. A “modelo” mais aplaudida até agora já viveu a Josephine (filha de Fernanda Lima) na novela Pé na Jaca e agora faz a Caroline, filha de Bel Kutner e Mário Gomes em A Favorita.
“Não estou gravando muito”, diz, toda simpática, antes do desfile, sobre o papel de Sofia, que por enquanto é pequeno, mas deve crescer nos próximos capítulos. Mas ela não se importa em ter de trabalhar aos 8 anos, não! “Eu amo”, diz da maratona de desfilar, gravar, ir à escola e brincar no computador, que é o que ela mais gosta. A coleção? Ah, a coleção! Era linda. Cheia de laços, flores, vestidos soltos… uma graça! Sofia entrou duas vezes, com um vestido florido e flores também no cabelo e com um vestido branco soltinho, bem a cara do verão da Lilica.
Nos pés, sapatos de boneca com aplicação de lantejoulas e sandálias com cristais. Os meninos exibiam cabelos exóticos, para combinar com a fase da Tigor, que retrata crianças em busca de novos experimentos.

Link Permanente 9 Comentários

No segundo dia do 15º Flamboyant Fashion, Mo conforto em suas coleçõesrmaii e TNG apostam na leveza e no

agosto 28, 2008 at 11:45 am (desfile, Fashion, feminina, Flamboyant, moda, moda feminina) (, )

Natália Guimarães desfila TNG

Natália Guimarães desfila TNG

Com o reforço de uma trilha sonora bacana, o segundo dia de desfiles do 15º Flamboyant Fashion expôs na passarela uma profusão de roupas leves, bem fresquinhas. De bermudões a vestidinhos para uma balada, o lema das duas grifes Mormaii e TNG é um verão 2009 cheio de bossa. O maior trunfo da coleção da Mormaii foi apresentar uma linha praia inspirada no surf que ganhou toques mais modernos com o uso adequado de tecidos tecnológicos. São bermudas, camisetas, sungas e maiôs que exalam cheiro de mar, com estampas alusivas a campeonatos, elementos do rock, desenhos de tatuagens, brasões e tipografias estilizadas. É uma roupa informal, que veste uma turma jovem com corpos esculpidos em horas de academia e que adora o contato com a natureza e a prática dos esportes.

A Mormaii mostrou ainda uma linha básica, com camisetas cavadas ou manguinhas, que reforçam o conceito do toque macio, de tecidos anti-alérgicos, que mantêm a sensação de frescor. O design das peças em neoprene transformaram a Mormaii na última década na queridinha dos adeptos do surf, mergulho, jet-ski, triatlo e windsurf. Tanto é que a grife foi eleita pela revista inglesa Wavelength como a melhor wetsuit de surf do mundo. Tudo pelo conforto.

Num mercado agressivo, sempre ávido por novidades, os estilistas da Mormaii capricharam na linha de acessórios para o verão 2009: muita sandália emborrachada, chinelos (com detalhe em tecido cru), tamancos coloridos, mochilas, chapéus, viseiras, óculos de sol. Na passarela do 15º Flamboyant Fashion, a Mormaii provou que não é necessário espetáculo, mas sim exibir peças que vão cair no agrado de uma turma superantenada em estilo.

Suprema elegância
Embalada pelo compasso da música Como uma Onda, de Lulu Santos e Nelson Motta, um conhecido hit praiano, a TNG também fez a diferença na segunda noite do evento. A elegância invadiu a passarela nos passos bem cadenciados da modelo e apresentadora de televisão Mariana Weickert, 26 anos, atração da grife, que encantou a platéia com sua beleza exótica e expressivos olhos azuis. O verão da TNG é uma estação em que o bom humor passeia por vestidos coloridos ou em jeans com reforço na modelagem tomara-que-caia, em vestidos com sobreposição de jeans com tule, com a cintura bem marcada (um charme!).

Minissuspensórios em couro assumem o lugar das alças dos vestidos. Fendas nas costas valorizam e oferecem uma pitada de sensualidade a esta parte do corpo feminino muitas vezes esquecida. Conjuntos de calça e blusa chamam a atenção pelo corte bem elaborado e realçam uma feminilidade que instiga o olhar.

A onda navy aparece em looks da TNG para elas e para eles: shorts, camisetas, maiôs, blusas. As listras vêm em múltiplas direções e proporções. Ora mais fininhas, ora mais largas, predominando o trio azul, branco e vermelho. O branco, um hit do verão 2009, se insinua com intensidade em peças para o dia-a-dia ou uma balada. Os tons mais crus também marcam presença na estação. Uma graça a proposta de calça sarouel para eles. Será que pega?

Na linha masculina da TNG, destacam-se blazers em malha compacta, listrados, desprogramando a figura do executivo tradicional. O jeans recebe efeitos especiais com degradês horizontais e verticais. As camisas ganham o humor de pregas na frente.

É uma moda para um executivo moderno que ousa combinar um sapatênis colorido com ternos mais escuros ou mesmo clarinhos. A TNG lança ainda a idéia do blazer com costura aparente, manga dobrada, dentre outras invenções mais descontraídas, mas que não perdem a elegância de vista.

Link Permanente 3 Comentários

Paola Oliveira arrasa na abertura do Flamboyant Fashion

agosto 26, 2008 at 1:56 pm (Fashion, feminina, Flamboyant, moda)

Paola Oliveira arrasou na passarela

Paola Oliveira arrasou na passarela

Paola Oliveira (foto), de 26 anos, arrasou na passarela no primeiro dia do 15º Flamboyant Fashion. No desfile da grife Riachuelo, Paola esbanjou simpatia e arrancou suspiros da platéia. No ar na novela Ciranda de Pedra, Rede Globo/TV Anhanguera, das 18 hor
as, Paola interpreta a personagem Letícia. No desfile de ontem, para a primavera-verão 2009, a Riachuelo apostou em looks bem leves, com uma explosão de babados, listras que remetem aos anos 1970, com destaque para o flower power, em vestidões longos, e também em peças com pitadas do estilo navy, com suas listras em azul marinho, vermelho e branco. A Forum, trouxe um desfile bonito, bem-cuidado, com vestidos inspirados nas praias desertas e selvagens dos trópicos, e um jeans casual, porém cheio de detalhes. A maratona de desfiles prossegue até a sexta-feira.

Link Permanente 10 Comentários

Moda está na moda

agosto 22, 2007 at 4:22 pm (coleções, confecções, consumo, feminina, moda, moda feminina, têxteis)

Moda esta na moda

“A moda não é mais um enfeite estético, um acessório decorativo da vida coletiva; é sua pedra angular. A moda terminou estruturalmente seu curso histórico, chegou ao topo do seu poder, conseguiu remodelar a sociedade inteira à sua imagem: era periférica, agora é hegemônica”. Lipovetsky

A moda é uma fonte de novidades que estimulam nosso desejo e há muito tempo deixou de ser apenas sinônimo de glamour e frivolidade para tornar-se um poderoso fenômeno social e de grande importância econômica.

Numa época de grandes transformações geradas pela crescente globalização da economia e dos mercados, é importante uma análise das condições pelas quais a moda se estrutura e se organiza para atingir seus objetivos de crescimento e expansão.

O Brasil é o 6º maior parque têxtil do mundo. Toda a cadeia produtiva soma um total de aproximadamente 30 mil empresas. Em 2006, o mercado de moda no Brasil produziu 7,2 bilhões de peças e consumiu 1 milhão de toneladas de têxteis. O faturamento total do setor foi de US$ 32,5 bilhões e 1,65 milhão de empregos.

Em 2006, o investimento das 17,5 mil empresas que atuam na confecção de vestuário, meias e acessórios têxteis foi da ordem de US$ 103,6 milhões. A maior parte da produção está no Sul/Sudeste. Juntas, as regiões reúnem 86% da produção nacional.

As empresas de pequeno e médio porte representam quase 70% da produção, no entanto, a maior parte dos empregos do setor é gerada nas empresas de pequeno porte.

O recorte por público-alvo mostra que são as mulheres as grandes consumidoras de moda no país. A moda feminina responde por 41% da produção. Já o público masculino representa 35% do mercado. A moda infantil tem participação de 18% e a chamada moda bebê, apenas 5%.

Em 2006, o saldo da balança comercial foi US$ 684,17 milhões – o aumento foi de 4,11% em relação a 2005. As exportações totais chegaram a US$ 2,2 bilhões, um aumento de 5,8% comparado a 2005. Já as importações totais foram de US$ 1,51 bilhão – um crescimento de 6,68% em relação ao ano anterior, A participação brasileira no mercado mundial é de 0,4%. A produção anual de algodão pluma é de 1,3 milhão de toneladas.

O complexo têxtil é composto atualmente com aproximadamente 4.931 indústrias têxteis e 18.000 confecções registradas.

A cadeia industrial têxtil, englobam-se de maneira organizada, todo o processo, desde a matéria-prima (fibras naturais ou artificiais), até o produto desenvolvido e confeccionado nas lojas para o consumidor final.

“Timing da moda”

Existe uma espécie de calendário comum, que chamamos de “timing da moda”, que nos ajuda no entendimento dos processos. As cores são pensadas e decididas de 24 a 30 meses antes da estação em que a roupa estará na vitrine de uma loja; os fios são desenvolvidos 18 meses antes da estação, 12 meses antes os tecidos e 09 meses a confecção (roupas, acessórios, complementos).

As coleções eram vendidas e apresentadas ao varejo pelo menos 06 meses antes da estação chegar, porém, observamos que a cada ano o mercado antecipa mais essa data, estruturado no trinômio da moda.

Sustentação da moda

O trinômio tecnologia, criação e tendência é o principal eixo de sustentação da área de moda, e o ingresso na profissão pressupõe muito estudo para a preparação e desenvolvimento técnico e intelectual.

Esse universo tão complexo e cheio de vertentes que é a moda, tem a intenção de motivar a descoberta e a identificação de todo o potencial do mercado que tem gerado as mais diversas oportunidades de trabalho no mundo inteiro.

Mais do que cor e textura, passarela, vitrine, movimentos e interesses, evolução histórica, mercado, tecnologia, negócios dentre outros, a moda é, fundamentalmente, trabalho num universo de ampla repercussão cultural e econômica. As oportunidades profissionais dessa área não só existem, como crescem a cada dia, num processo diversificado, contínuo e cada vez mais aberto a todos os tipos de talento.

Complexo têxtil

O complexo têxtil engloba vários segmentos: produção de fibras, fiação, tecelagem, malharia, acabamento e confecção e ainda ser incluídos na cadeia segmentos dos setores agroindustrial, químico e de bens de capital, responsáveis pelo fornecimento de matérias-primas e equipamentos.

Diante dessa realidade, a área tem apresentado um constante crescimento de profissionalização, assim como um desempenho de expressivos resultados tanto no Brasil como no exterior. Em virtude desse fenômeno, observamos o surgimento de profissionais com perfis bastante distintos dos conhecidos até pouco tempo.

Para atender à demanda de profissionais para atuar no mundo do trabalho, desde 1988 surgiram diversos cursos de graduação e pós-graduação.
Cursos de Moda

Atualmente, o Brasil é um dos países com o maior número de cursos na área. São mais de 80 cursos em nível de graduação nas modalidades bacharel, tecnológico e seqüencial, e, mais de 40 em nível de especialização, MBA e um em nível de mestrado. Os estados com maior número de cursos de graduação são: São Paulo [30]; Santa Catarina[17]; Rio de Janeiro [11]; Paraná [10]; Minas Gerais [10]; Rio Grande do Sul [6].

E ainda contamos com profissionais experientes na prática do mercado, que aliados à busca continua de conhecimentos técnicos, expressam uma parte importante nesse sistema em total mudança de comportamento e atitude.

A moda é concreta, tem caráter, identidade e emoção. Essas características do sistema necessitam de profissionais preparados para condução da sua dinâmica empresarial. Totalmente inserida no mundo dos negócios, em um mercado com uma grande responsabilidade para a economia brasileira.

A “moda está na moda” para um olhar, um estilo, um negócio, um comércio, uma ocupação um nome.

Link Permanente 20 Comentários

Alessandra Ambrosio e Grazi Massafera são a cara da Zoomp e representam as diferentes mulheres que a marca quer atingir

agosto 15, 2007 at 8:11 pm (alessandra ambrosio, feminina, grazi, grazi massafera, massafera, moda, moda feminina, zoomp)

GrazielaAs eleitas da marca são bem diferentes, mas tem em comum a beleza e o poder. A top Alessandra Ambrósio, atual “angel” nº1 da Victoria’s Secrets, deu um rasante pelo Brasil para desfilar com exclusividade para a marca e posar para a campanha verão 08. Com a agenda lotada de compromissos no circuito Europa-Estados Unidos, a modelo ficou apenas três dias por aqui.

Também cheia de compromissos profissionais, Graziela Massafera é a outra escolhida para representar a mulher de Zoomp. Com a carreira em franca ascensão, a atriz é a queridinha do momento e posou pela primeira vez para uma marca de roupas. Mostrou que além de linda tem talento e é uma das maiores apostas da rede Globo. Por essas e outras, é a estrela da próxima campanha de jeanswear da Zoomp. “Sempre gostei da Zoomp. Foi a primeira calça de marca que comprei”, disse ela, durante o ensaio com Jacques Dequeker.

Link Permanente 3 Comentários

Expovestir

agosto 13, 2007 at 4:47 pm (expovestir, feminina, jovem senhora, moda, moda feminina)

No primeiro dia do evento, lojistas demonstraram otimismo com as vendas e, entre os consumidores, predominaram os clientes fiéis da feira.

ExpovestirOs 116 lojistas que participam da 18ª Feira de Moda Expovestir, que está sendo realizado no Centro de Convenções de Goiânia, estão comercializando roupas, calçados, bolsas e acessórios com descontos, em média, de 50%. No primeiro dia da feira, dezenas de consumidores tradicionais da Expovestir já esperavam a abertura dos portões para comprar peças de ponta de estoque e lançamentos de coleções das principais confecções goianas. Os lojistas estão praticando preços de atacado no evento e esperam um bom volume de vendas nesta segunda edição anual da feira. O estande da Batom Ruge, que está vendendo blusas com preços a partir de R$ 5, conjuntos por R$ 15 e calças a R$ 10, ficou lotado de consumidoras assim que o evento teve início. A proprietária Karine Lúcia Moreira, que participa desde a segunda edição da feira, conta que as vendas sempre são muito boas. Segundo ela, a Expovestir é o único evento em que a empresa vende direto ao consumidor.

A Diáfana Lingerie, outra confecção já tradicional na Expovestir, está vendendo várias peças com descontos de 50%, menos lançamentos. “Esperamos vender mais que nas últimas edições porque a economia do País está melhor”, prevê a proprietária da marca, Odalea Bueno. A proprietária da Zélia Carneiro Calçados, Zélia Elaine Carneiro, está vendendo sandálias e sapatos da coleção anterior com preços de R$ 15 a R$ 30. Ela participa todo ano porque os resultados são sempre positivos. “Aproveitamos o evento para lançar a nova coleção e acabar com o estoque anterior”, diz.

No estande da confecção Teia Du Corpo, o visitante encontra descontos de até 50% sobre os preços praticados na loja. A proprietária da loja, Terezinha Pereira e Silva, informa que os produtos de ponta de estoque têm descontos ainda maiores. “Trouxemos várias peças da nova coleção primavera-verão. Estamos mais confiantes que na edição de março e nos preparamos melhor”, destaca. No estande da Willy Bolsas, o visitante compra qualquer peça por R$ 19,90. A vendedora Márcia Pacheco garante que a loja trouxe várias novidades para a feira.

A Liciely Semi-jóias está praticando preços de atacado, com descontos de 10% nas compras à vista. O proprietário Francisco Lacerda conta que levou vários lançamentos em cores e modelos para a feira, de acordo com as novas tendências da moda. “Este ano, a primeira edição já foi bem melhor que a de 2006”, lembra. A Kariza Designs apresenta na Expovestir cortes de tecidos especiais que permitem a montagem de até 100 modelos diferentes de roupas.

A maioria dos visitantes é formada por clientes cativos da Expovestir. A gerente de Recursos Humanos Vânia Pinheiro Tatagiba diz que visita a feira todo ano porque o evento oferece preços menores que nas lojas, e concentra todo tipo de produtos de vestuário e acessórios num mesmo lugar. “Todo ano aproveito para comprar tudo que estou precisando e renovar o guarda-roupa da família”, destaca.

A engenheira de alimentos Mara Lina conta que já visitou quase todas as edições da feira porque sempre encontra muitas opções de modelagens, cores e tamanhos num mesmo local. “É mais fácil comprar aqui, onde estão as melhores marcas de Goiás, que ficar andando de loja em loja”, justifica. Já a assistente administrativa Andreia Cristina dos Santos esteve na Expovestir pela primeira vez ontem, para conhecer a feira. “Ouvi muito falar e vim conferir de perto.”

Fonte: Opopular

Link Permanente 107 Comentários

Processo de fabricação do tencel

agosto 10, 2007 at 3:03 pm (feminina, moda, moda feminina, tencel)

O TENCEL® é uma fibra de celulose feita a partir da polpa de madeira, um recurso natural e renovável que é retirado de florestas gerenciadas e auto-sustentáveis.Diferentemente das lavouras de algodão, a cultura da polpa requer usos limitados de pesticidas e herbicidas. E as árvores usadas para a polpa produzem sete vezes mais celulose por hectare do que o algodão.Os fornecedores de polpa para TENCEL® exercem a administração responsável de floresta e são credenciados por associações tais como a Sustainable Forestry Initiative, SFI.

A sinergia entre a natureza e a tecnologia é mais impressioante no processo de fabricação do TENCEL®, através do uso de solvente em “ciclo fechado”. Um solvente não-tóxico de óxido de amina dissolve a polpa de madeira em uma solução viscosa que é filtrada e, em seguida, extrudada e lavada para remover o solvente.

Os resíduos são insignificantes – mais de 99,9% do solvente é reciclado. O processo de produção do TENCEL® é, inerentemente, muito mais limpo do que o da viscose, reduzindo significativamente as emissões e consumindo menos energia.

A TENCEL® produz suas fibras satisfazendo as condições rigorosas estabelecidas pelo padrão ISO 14001 de gerenciamento ambiental.

A Fioretto é sinônimo de moda feminina, oferecendo produtos com qualidade conforto, toque ultraconfortável e com uma fibra ecologicamente correta o tencel.

Link Permanente 4 Comentários

Coleção Outono Inverno 2007 Fioretto

agosto 8, 2007 at 8:05 pm (feminina, jovem senhora, moda, moda feminina)

A Fioretto desenvolve seus produtos para suprir as necessidades de uma jovem mulher e jovem senhora, com fibra ecologicamente correta, qualidade, toque ultraconfortável e um caimento perfeito, o melhor da moda feminina outono, inverno, primavera e verão e com a coleção outono inverno fioretto.

Link Permanente 2 Comentários

Next page »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.